quinta-feira, 16 de maio de 2019

No RN, protestos ocorreram na capital e interior

Estudantes, professores e outras categorias fizeram manifestações em Natal e cidades do interior do Rio Grande do Norte, contra o bloqueio anunciado pelo governo federal no orçamento das instituições públicas de ensino superior.

Por volta das 15h, Guilherme Boulos discursou para milhares de pessoas no IFRN Campus Central, em Natal. Em resposta à declaração de Bolsonaro que chamou os manifestantes de "idiotas úteis", ele disse que isso "é até um elogio já que Bolsonaro é um idiota inútil".

Após o ato, estudantes, professores e servidores do IFRN se uniram a milhares de pessoas que protestavam na Avenida Salgado Filho. Por volta das 16h30, os manifestantes saíram em caminhada em direção a Zona Sul de Natal. A organização do ato estima em 70 mil pessoas no protesto.

Também foram registrados atos em São Gonçalo do Amarante, Parelhas, Nova Cruz, Caicó, Currais Novos e Fernando Pedroza.

Em Mossoró, na região Oeste potiguar, estudantes fizeram uma caminhada da Universidade Federal do Semiárido (Ufersa) em direção à avenida Presidente Dutra.