sexta-feira, 7 de junho de 2019

Professores da UFRN decidem aderir à greve geral do dia 14 de junho

Os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiram aderir à greve geral do dia 14 de junho. Num plebiscito eletrônico, foram 507 (78,8%) votos a favor e 136 (21,2%) contra a deflagração da greve. 

O movimento é nacional, integra a agenda das principais centrais sindicais e marcará um período de mobilizações e protestos contra ações do governo do presidente Jair Bolsonaro. 

Na pauta, as políticas públicas educacionais, as mudanças na previdência e a defesa da UFRN.