quarta-feira, 7 de julho de 2021

Vacinação em Natal salta 20 anos com público sem comorbidades desde junho

  

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Natal, coordenada pela Prefeitura, ganha cada vez impulso. Em menos de um mês, a faixa etária dos grupos populacionais avançou 20 anos, saindo de pessoas com 59 anos para atingir cidadãos com 39 anos, sem comorbidades. Nesta quarta (7), a Prefeitura abre a vacinação exatamente para o público de 39 anos e mais.

 

O volume de vacinas também tem crescido exponencialmente. Somente no período entre 10 de junho até a última segunda-feira, dia 5, o Munícipio aplicou quase 100 mil doses (97.793 no total)Desde o início do ano, quando a vacinação começou, Natal está chegando a quase 500 mil pessoas vacinadas. Até a última segunda-feira (05), foram aplicadas 486.040 doses dos imunizantes em Natal. 

 

Para o prefeito Álvaro Diasmeta de alçançar o número de 500 mil vacinados na cidade ainda nesta semana é bastante plausível"Conseguimos imprimir um excelente ritmo de vacinação nos últimos dias. Somente agora em julho, já foram mais de 20 mil doses aplicadas. Com essa média e a ampliação para novos públicos, temos a certeza de que vamos atingir as 500 mil doses aplicadas nos próximos dias”, confia ÁlvaroIsso só comprova a eficiência da nossa estratégia para esta campanha. A realidade exige rapidez e agilidade e estamos conseguindo fazer isso. Recebemos as vacinas e logo distribuímos para os pontos de vacinação".

 

Outro indicativo que demonstra a eficiência da vacinação em Natal é a inclusão de mais segmentos populacionais. Novos grupos prioritários passaram a ser atendidos nas últimas semanas, como lactantes com crianças de até 12 meses, trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) de Natal; taxistas com cadastro na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) e motoristas de aplicativo com pelo menos 100 corridas. 

 

Além dpúblico sem comorbidades, continua a vacinação com a primeira dose dos grupos prioritários das pessoas a partir de 18 anos com comorbidades; trabalhadores industriais a partir dos 31 anos; grávidas e puérperas; os profissionais que atuam na educação do ensino fundamental I e II de escolas públicas e privadas de Natal.

 

“Estamos em um ritmo muito bom de vacinação, os números das últimas semanas comprovam issoFicamos felizes porque isso significa vidas salvas. Montamos uma estrutura diferenciada para atender a demanda com pontos de vacinação em sistema drive-thru, além da abertura de 35 salas nas nossas unidades de saúde. Aqui em Natal é assim, a vacina chega e logo vai para o braço do cidadão, como deve ser”, destaca o prefeito.