terça-feira, 15 de março de 2022

Deputada Cristiane Dantas recebe Medalha do Mérito Nísia Floresta

 

Presidente da Frente Parlamentar da Mulher, da Assembleia legislativa do RN, a deputada estadual Cristiane Dantas (Solidariedade), foi agraciada com a Medalha do Mérito Nísia Floresta, concedida pela Prefeitura de Natal, por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM). A honraria é entregue a mulheres da capital e do Rio Grande do Norte que têm atuação destacada em defesa lutas femininas. A solenidade ocorreu nesta terça-feira (15), no auditório da OAB, em Natal.

 “Dedico esta medalha a todas as mulheres que não puderam ter voz para lutar por seus direitos, que foram silenciadas pela violência. Dedico também a todas as mulheres que, antes de mim, abriram caminhos para que hoje eu possa estar na Assembleia Legislativa representando as mulheres potiguares. É muito representativo receber essa homenagem no mês dedicado às mulheres”, discursou Cristiane Dantas ao receber a honraria.

 A deputada foi homenageada por meio de eleição do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher pela atuação que desempenha em defesa da mulher potiguar, ao propor leis que garantam direitos femininos.  A medalha leva o nome da potiguar Nísia Floresta, por ser considerada a pioneira do feminismo no Brasil e defensora dos direitos das mulheres, dos índios e dos escravos.

 A solenidade foi conduzida pela Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres de Natal, Andrea Ramalho, e pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, Elisângela Duarte. Além da deputada Cristiane, também foram homenageadas delegada de Polícia Civil, Paoulla Maués; a Secretária Municipal de Defesa Social, Sheila Freitas; e a vereadora Nina Souza.

 Histórico

 A deputada Estadual Cristiane Dantas exerce o segundo mandato parlamentar pelo partido Solidariedade. Na Assembleia Legislativa do RN é presidente da Frente Parlamentar da Mulher, desde sua criação em 2017, além de ser autora de 18 leis voltadas à garantia de direitos, prevenção e combate à violência doméstica contra a mulher potiguar.