domingo, 17 de abril de 2022

Acompanhante de paciente denuncia situação de caos Hospital Walfredo Gurgel

 

O BLOG DO FM recebeu denúncias através de uma acompanhante um paciente que está internado no Hospital Walfredo Gurgel , que não quis ter a identidade revelada, sobre a situação de caos que vive a unidade hospitalar.

 Segundo a fonte, a comida que foi servida neste sábado(16) aos acompanhantes dos pacientes, era azeda, o calor era grande. No local não há ar-condicionado e o calor toma conta das enfermeiras. Os pacientes também não podem levar ventiladores.

 Outra situação vivenciada no local, é o mau cheiro oriundo de uma montanha de lixo que está ao lado do estacionamento do hospital há dias.

 Sobre todos esses problemas, nossa reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Estado, mas até o fechamento dessa matéria não obtivemos retorno.

 Em nota a Secretaria de saúde disse que que foi uma situação pontual.

 NOTA

 A Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESAP) e o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel esclarecem que toda a alimentação oferecida aos pacientes, acompanhantes e servidores é feita seguindo todos os protocolos de higienização com acompanhamento de profissional nutricionista responsável na cozinha própria do Hospital. A reclamação do paciente citada pela reportagem foi pontual e prontamente trocada a marmita sem prejuízo algum.

 Quanto ao lixo depositado área EXTERNA do Hospital, a coleta é feita periodicamente. Devido à reforma existe um acúmulo, principalmente nos finais de semana, que será resolvido brevemente.

 O Walfredo Gurgel é hoje a maior unidade de urgência do Rio Grande do Norte, especializado em atendimentos de casos clínicos graves e pacientes politraumatizados, atingidos por arma de fogo e queimaduras, além de ser referência em atendimento de Acidente Vascular Cerebral.

 O HMWG atende, em média, 230 pacientes por dia e hoje conta com 220 leitos, quatro UTIs, cada qual com 10 leitos, e uma UTI pediátrica com seis leitos. Além disso, são feitas cerca de 500 cirurgias ortopédicas por mês.

Toda a sua estrutura é ventilada e a estrutura elétrica do hospital é antiga e não comporta sobrecarga elétrica, que passará por reforma em breve para melhor climatização das enfermarias.

 A Sesap não mede esforços, diariamente, para proporcionar o melhor atendimento possível nao só para o Walfredo Gurgel, como para toda a sua rede pública de saúde.

 Blog do FM