terça-feira, 11 de junho de 2019

Congresso vê CPI sobre Moro como provável; Bolsonaro se afasta

A cúpula do Congresso Nacional já vislumbra como muito provável uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o caso do vazamento de conversas atribuídas a Sergio Moro e a Deltan Dallagnol . 

Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, se reuniram na manhã de hoje para discutir o cenário, que obviamente pode mudar ao longo das próximas horas e dias. 

Já o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), parece estar tentando se afastar ao máximo do caso envolvendo o então juiz e hoje ministro da Justiça de seu governo.