quinta-feira, 24 de março de 2022

Ministro Rogério Marinho vem a Mossoró anunciar obras e equipamentos nesta sexta (26)

 

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai investir R$ 46,57 milhões para melhorar a mobilidade urbana e garantir melhores condições para o desenvolvimento regional na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O anúncio dos recursos será feito nesta sexta-feira (25), às 10h, pelo ministro Rogério Marinho.

 “São obras importantes e que vão promover melhorias para Mossoró. Seguimos com o compromisso de dar condições para que todos os brasileiros possam ter melhores condições de vida, onde quer que eles estejam”, destaca Rogério Marinho.

 O principal volume de recursos será destinado a ações para melhorar o transporte público no município, que envolvem a pavimentação e a recuperação de vias públicas. A previsão é que sejam investidos R$ 42 milhões no projeto, que irá beneficiar toda a população da cidade, estimada em 300 mil pessoas.

 As ações visam a melhoria da mobilidade urbana e do transporte público coletivo, fazendo ligação direta entre as zonas Leste e Oeste da cidade. Além disso, vai proporcionar rotas alternativas e melhorar o fluxo de veículos no perímetro urbano, facilitar o escoamento da produção das indústrias locais e permitir um acesso mais rápido e seguro entre a BR-304 e BR-110.

 Outros R$ 4 milhões serão destinados à reforma, modernização e equipagem do Abatedouro Frigorífico Industrial de Mossoró (Afim). A ação tem como objetivo aumentar a capacidade de produção de proteína animal (bovinos, caprinos, ovinos e suínos) para o mercado regional, atendendo cidades do Rio Grande do Norte, além de capitais de estados próximos, como Ceará, Paraíba e Pernambuco.

 Serão feitas melhorias nas instalações físicas, com reformas do piso, telhado e dos sistemas de drenagem e escoamento. Também serão adquiridos equipamentos para o abatedouro.

 Além disso, será entregue uma escavadeira hidráulica sobre esteiras para a Prefeitura local. O maquinário será repassado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), instituição vinculada ao MDR. O investimento federal é de R$ 570 mil.

Blog Túlio Lemos